MÃOS SUJAS

direção| direction, 

Temporadas

SESC Ipiranga

EQUIPE | TEAM

Texto: Jean-Paul Sartre

Tradução: Homero Santiago

Atores: Gabriela Cerqueira, Georgina Castro, Paulo Balistrieri, Paulo Vinicius, Rodrigo Scarpelli, Thomas Huszar e Vinicius Meloni.

Câmera e edição: Yghor Boy

Direção musical: Guilherme Calzavara

Desenho de som, sonoplastia: Ivan Garro

Música em Cena: Ivan Garro, Rodrigo Scarpelli e Thomas Huszar

Desenho de luz: Guilherme Bonfanti

Figurino: Marcelo Leão e José Fernando Peixoto de Azevedo

Consultoria para o trabalho de voz: Mônica Montenegro

Consultoria teórica: Franklin Leopoldo e Silva

Assistente de direção: Murilo Franco

Operador de luz: David Costa

Assessoria de imprensa: Canal Aberto

Produção: Corpo Rastreado

Direção e dispositivo de cena: José Fernando Peixoto de Azevedo

 

 

Hugo é um jovem intelectual burguês que se engaja no Partido Comunista numa Ilíria ocupada pelo inimigo fascista. O líder do partido, Hoederer, propõe uma aliança com partidos conservadores, contra o ocupante. Seus companheiros se opõem a essa política de alianças e sua linha conciliatória e decidem eliminar o líder. Para tal tarefa convocam Hugo, como condição para sua legitimação no coletivo, que a aceitará como sendo seu batismo de fogo.

Com direção de José Fernando Peixoto de Azevedo, espetáculo propõe uma reflexão sobre a política, o indivíduo e o coletivo ao utilizar recursos cinematográficos inspirados pelo filme “Terra em Transe”, de Glauber Rocha.

 

A peça de teatro As Mãos Sujas, escrita pelo filósofo, crítico e escritor Jean Paul Sartre (1905 – 1980) ganha nova montagem dirigida por José Fernando Peixoto de Azevedo que estreia em 1º de novembro, no Sesc Ipiranga. O espetáculo conta a história de um jovem intelectual que decide matar o líder de seu partido após este propor uma aliança com partidos conservadores.

 

A escolha coloca a peça em diálogo direto com Terra em Transe, uma das obras-primas do cineasta Glauber Rocha, lançada em 1967, cuja estética também inspirou os figurinos e as músicas executadas ao vivo por Guilherme Calzavara. A trilha sonora sobrepõe sonoridades presentes no filme a outras que foram pensadas a partir do texto de Sartre.

https://aplausobrasil.com.br/texto-de-satre-as-maos-sujas-esta-em-cartaz-no-sesc-ipiranga/

https://www.spjornal.com.br/2019/10/29/sesc-ipiranga-recebe-espetaculo-as-maos-sujas/

2018 Copyright ® website design

 

RENAN TENCA